Persa

O gato da raça Persa é famoso e ficou imortalizado pela figura do personagem Garfield, comilão e preguiçoso.

Área de origem: Pérsia, atual Irã

Tamanho: 7kg

Cor:
Disponível em mais de 100 cores

Pelagem:
Longa e volumosa

Nível de Barulho::
Calmo e pacato

  • Atividade40%

  • Gosto por brincadeiras70%

  • Necessidade de atenção80%

  • Afeição100%

  • Amizade com outros animais50%

  • Docilidade60%

  • Independência40%

  • Inteligência60%

  • Bom para crianças60%

  • Cuidados com a higiene do Gato80%

ORIGEM

A Pérsia, atual Irã, é o país de origem do gato Persa. Eles foram levados para a Europa no início do século XVI, por um viajante Italiano Pietro Della Vale. Quando chegou na Itália, seu sucesso foi imediato, seu pelo macio e brilhante chamou atenção, e ganhou a simpatia das pessoas. O Persa, como é conhecido hoje surgiu no século XIX, quando foram levados para a Inglaterra e cruzados com gatos da raça Angorá. Hoje há mais de 100 diferentes combinações de cores para os gatos dessa raça.

CARACTERISTICAS

O gato Persa é uma raça que possui diversas cores e um focinho excessivamente achatado, que chega a causar problemas de saúde. Nas características físicas do Persa, os que possuem um focinho bem achatado são chamados de “flat face”, e os com o nariz levemente alongado de “doll face”. Outras características do gato Persa em relação a seu físico é quanto a seu formato “brevilíneo”, ou seja, é como se ele tivesse sido todo achatado. Compacto, musculoso, com ossos curtos e fortes; inclusiu pés largos e redondos são suas fortes características. Um tipo físico contrário ao dele seria o Siamês, que tem ossos largos e finos. Suas orelhas são pequenas e baixas com a ponta arredondada, ligeiramente inclinadas para a frente, e seu pelo é volumoso, comprido, denso e brilhante.

TEMPERAMENTO

O temperamento do gato Persa pode ser descrito como calmo, pacato, muito dócil e nada ativo. Ele se adapta bem a espaços pequenos, e pode dormir até 16 horas por dia. Não são bons caçadores e não gostam tanto de brincadeiras como os gatos de outras raças. Não miam muito, e seu miado é fraco e rouco, outro ponto que o torna perfeito para morar em apartamento. Não à toa, o personagem dos quadrinhos, Garfield o representa tão bem.

DOENÇAS

As principais doenças do gato Persa são a doença Poliquística dos Rins (PKD), que é hereditária, a conjuntivite lacrimejamente, broncopneumonia, e outras doenças respiratórias, nasais, problemas neurológicos e deslocamentos no maxilar. Por isso na hora de adotar um Persa se indica a escolha de um que não possua um focinho muito achatado. Toda doenças emite sinais clínicos, como vômitos, diarreia, e outros sinais que mostram que o animal não está em seu estado normal. Cabe aos donos estar sempre atento, e a qualquer suspeita levar o bichano ao veterinário, onde os diagnósticos podem ser feitos com precisão. Nos tratamentos preventivos, incluem-se as visitas periódicas ao médico veterinário, vacinação contra doenças comuns em gatos, e atenção dos donos.

CUIDADOS ESPECIAIS

Os cuidados especiais do Persa envolvem higiene e bons cuidados com a sua alimentação. A começar por seu pelo, que deve ser escovado diariamente, para mantê-lo limpo e sem nós. O banho deve ser mensal, e a escova usada deve ser própria para gatos. Seus olhos requerem cuidados também. Devido a seu nariz achatado, seus vasos lacrimais são menores, o que faz com que as lágrimas produzidas escorram para fora dos olhos, nos pelos do rosto. Por isso os olhos devem ser limpos de 1 a 2 vezes por dia, com um pano embebido de soro fisiológico. Isso evita o nascimento de bactérias e que os pelos próximos a região dos olhos manchem. Para manter um pelo sempre bonito Persa deve comer rações especificas disponível no mercado. Sua expectativa de vida é de 15 a 20 anos.